Tremores de terra são registrados em Jacobina neste domingo (15)

A terra voltou a tremer no centro-norte da Bahia neste domingo (15). Às 5h30, um tremor de terra, de magnitude preliminar calculada em 1.7 mR, foi registrado pelas estações sismográficas operadas pelo Laboratório Sismológico da UFRN na região do município de Jacobina.
De acordo com moradores do município, que entraram em contato com o LabSis/UFRN, o evento foi sentido pela população local. Minutos depois, às 8h33 (5h33, hora local), outro evento, desta vez de magnitude 1.1 mR, também foi registrado na mesma localidade.
O último evento registrado no município baiano ocorreu no último domingo, 8 de maio, de magnitude preliminar 2.3 mR. Assim como o evento de hoje, o evento também foi sentido por moradores da região, mais especificamente da localidade de Jaboticaba.
O LabSis/UFRN segue monitorando e divulgando toda atividade sísmica que ocorra no estado da Bahia e também na região Nordeste do país.

Ler mais

Fundação oferece cursos gratuitos de katarê e boxe para crianças

O Centro de Convivência Socioassistencial (CCS) AABB Comunidade, que funciona no bairro de Piatã, em Salvador, oferece cursos gratuitos de katarê e boxe para crianças. São 250 vagas ofertadas em parceria com a Fundação Cidade Mãe.
Os cursos são frutos de uma cooperação com a Guarda Civil Municipal, que ministrará as aulas. Serão 125 alunos pela manhã e outros 125 à tarde, e as atividades acontecerão às quartas e sextas, às 8h e às 16h. Durante as aulas, a Guarda Civil Municipal também abordará temáticas como cidadania, formação do cidadão, dentre outras atividades educativas.
Para realizar as inscrições é necessário comparecer à instituição, de segunda a sexta-feira, a partir das 8h, e apresentar a xerox do RG e atestado de escolaridade do aluno, além da xerox do RG, CPF e comprovante de residência do responsável. O Centro fica na Rua Deputado Paulo Jackson, número 869, Piatã.
O coordenador de Prevenção à Violência da Guarda Municipal, James Azevedo, enxerga com entusiasmo a inicia..

Ler mais

Traficante é preso com R$ 33 mil em espécie e pacotes de haxixe

Guarnições da Operação Apolo da Polícia Militar, que patrulhavam para combater roubos de veículos na orla de Salvador, prenderam, no final da tarde de sexta-feira (13), um homem envolvido com o tráfico de drogas na capital.
Com o suspeito foram encontrados 16 pacotes de haxixe (maconha comercializada com preço maior) e R$ 33 mil reais em espécie. Também foi apreendido um celular e um relógio.
De acordo com Secretaria de Segurança Pública (SSP), os militares passavam pela Avenida Octávio Mangabeira, nas imediações da Boca do Rio, quando desconfiaram de um veículo modelo Sandero. O condutor foi alcançado próximo a um posto de gasolina da região.
O homem informou que comercializa a droga em universidades, condomínios de alto padrão e grandes festas na capital baiana e Região Metropolitana. O quilo da droga é vendido por até R$ 20 mil. Ele foi apresentado na Central de Flagrantes da Polícia Civil.

Ler mais

Tá amarrado em nome do Senhor do Bonfim

Para além do souvenir, a fita escrita ‘Lembrança do Senhor do Bonfim da Bahia’ é a representatividade material da fé do povo baiano. A fé que se pode tocar, ver, amarrar, levar no bolso. Para Adriano Balbino Jr., essa fitinha significa vida. Quando tinha 15 anos, ele foi internado na UTI do Hospital Português com problemas no apêndice. Após uma grave infecção, o jovem chegou a ser desenganado pelos médicos. Angustiado com a situação do filho, seu Adriano Balbino dos Santos saiu, passou por uma barraca na Barra, parou e bebeu uma cerveja. O que parecia um momento de lazer, era, na verdade, um pedido de socorro ao universo. Quando olhou para o balcão, o senhor avistou uma fitinha do Bonfim, que acabou ganhando do dono do estabelecimento. Já de volta ao hospital, a amarrou no braço do filho e suplicou por sua vida. No dia seguinte, Adriano Jr. apresentou melhoras. Sete dias depois, recebeu alta.
Hoje com 44 anos, advogado, casado e pai de duas meninas, ele próprio narra o que viveu. “So..

Ler mais

Aberta, singela e, talvez, pretensiosa missiva ao professor doutor Wilson Gomes

Caro professor,
Espero encontrá-lo bem. Sou a pessoa que escreveu aquele post dizendo que deu preferência a mulheres negras, em seguida a mulheres de qualquer etnia e só depois abriu a possibilidade de ser atendida por homens, quando da escolha de profissionais de saúde para um check-up do núcleo familiar. Postei isso em meus perfis fechados – e de poucos seguidores – ainda com o aviso de que se alguém viesse falar de “racismo reverso” eu bloquearia. Usei a palavra “merda”, inclusive, para me referir a esse tal discurso. Sim, mal-educada. Num perfil fechado. Pessoal. Onde há o aviso “aqui não é trabalho”. Pois bem.
Alguém, entre meus poucos seguidores, achou boa ideia printar o meu post e fazê-lo chegar ao seu conhecimento. Às vezes, as pessoas gostam de mim e eu nem sei. Fazem o bem até de forma inconsciente, talvez. Veja, foi muito útil relembrar que “fechada” e “pessoal” é minha casa, né? E olhe lá, que pode acontecer de a gente receber, inadvertidamente, certo tipo de vivente q..

Ler mais

Confeitaria Jessica Azevedo abre as portas na Barra com cardápio variado de guloseimas

Os tons de cor-de-rosa – do chá ao bebê – dominam a decoração de uma das últimas casinhas charmosas da Rua Marques de Leão, na Barra. Na varanda está cravado, em letras douradas, o nome da nova ocupante do espaço, que há um mês elegeu o bairro como sede de seu primeiro empreendimento comercial: Jessica Azevedo Confeitaria. A menina nascida em Paramirim, município de pouco mais de 21 mil habitantes, distante cerca de 407 quilômetros da capital baiana, venceu. Ela traz na mão direita uma marca de queimadura de terceiro grau adquirida aos 11 anos, quando já ensaiava o talento para a cozinha.
Brigadeiros e macarrons coloridos Isso quem atestou foram os rigorosos jurados Lucas Corazza, Carole Crema e Roberto Strongoli, da mais importante competição de confeiteiros do país, o programa Que Seja Doce, apresentado pelo chef Felipe Bronze, no canal GNT. O troféu de vencedor está lá em destaque na prateleira pra todo mundo ver. “Se pudesse multiplicava ele, porque foi uma conquista important..

Ler mais

Entenda como funcionará o programa de integridade e compliance da Sefaz

A vice-prefeita de Salvador, Ana Paula Matos, e a secretária da Fazenda (Sefaz), Giovanna Victer, assinaram a autorização do programa de Compliance e Integridade da Sefaz durante o encerramento do I Fórum ESG Salvador, ontem. O evento promovido pelo Correio e Alô Alô Bahia reuniu cerca de 1000 pessoas nos dois dias de realização no Porto de Salvador.
A iniciativa municipal se trata de uma série de medidas adotadas para melhorar processos de auditoria, incentivando denúncias de irregularidades, detecção de fraudes e atos ilícitos contra a administração pública. Para isso, será necessária a contratação de uma empresa especializada nos serviços de consultoria responsável por elaborar e implantar as mudanças. O edital deve ser publicado hoje no Diário Oficial, enquanto a licitação para contratação será aberta no dia 31 para companhias interessadas e que se encaixem na proposta.
“A secretária da Fazenda, assim que ela chegou, fez um movimento estratégico com o grupo dela. [Como resultado..

Ler mais

Tripulação é assaltada na porta de hotel em Salvador e voo é cancelado

A tripulação de um voo da Gol, que seguiria apra o Rio de Janeiro, foi assaltada na porta de um hotel, no bairro do Stiep, na madrugada desta sexta-feira (13). Por causa do assalto, o voo 2027 foi cancelado pela companhia aérea.
Segundo informações da Polícia Civil, três pessoas estavam dentro e uma fora de uma van, na frente do hotel, quando dois homens armados chegaram ao local e anunciaram o assalto. Eles levaram celulares da tripulação e também de funcionários do hotel que estavam no local.
O roubo está sendo investigado pela 9ª Delegacia Territorial (DT/Boca do Rio). Segundo a Polícia Civil, diligências já foram iniciadas para identificar os suspeitos e recuperar os itens roubados.

Ler mais

Falta de trem prejudica a mineração baiana

O cenário da mineração baiana está em franco crescimento, mas a falta de estruturas de logística para o escoamento da produção freia o desenvolvimento e dificulta a ampliação do mercado de exportação. Dados de contribuição tributária, por exemplo, colocam o estado entre os três maiores arrecadadores da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM), mesmo assim, os modais de transporte de carga disponíveis estão aquém do progresso alcançado nos últimos anos.
Para o pesquisador e professor André Luis Melo, do Departamento de Engenharia de Transportes e Geodésia (DETG), da Escola Politécnica da Universidade Federal da Bahia (UFBA), na ponta inicial do escoamento da produção de minério, o modal rodoviário se destaca pela facilidade de acesso e curtas distâncias ao processo de exploração e avanço da extração do minério nas minas. Mas, ao longo do processo de vazão do minério, o modal ferroviário se apresenta com o foco no transporte de grandes volumes em médias ou long..

Ler mais