Russos capturados dizem que comandantes estão matando soldados feridos

Soldados russos capturados pelas forças ucranianas acusaram os seus comandantes de matar soldados feridos em vez de os enviar para receber tratamento médico.
De acordo com o Mirror, as declarações destes soldados surgem num vídeo gravado pelo jornalista ucraniano Volodymyr Zolkin para a Open Media Ukraine.
Depois de um soldado dizer que os comandantes estavam “acabando com os seus feridos”, o jornalista questionou-o sobre o que queria dizer e o homem foi claro: “Um soldado ferido está caído no chão e o comandante de um batalhão matou-o com uma arma”, disse. “Era um jovem, ele estava ferido (…) Estava no chão e foi-lhe perguntando se podia andar, então mataram com um tiro”, acrescentou.
“A coisa mais importante – este não foi um caso único”, disse outro soldado.
No mesmo momento, um terceiro soldado diz que este comandante fez o mesmo com “quatro ou cinco” soldados feridos, “todos jovens”.
“Eles poderiam ter sido resgatados, receber ajuda, ser retirados de lá. Ele simplesmente atir..

Ler mais