Putin tempera visita ao ditador Kim com exercício militar

DestaquesMundo

Putin tempera visita ao ditador Kim com exercício militar

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Embalado por uma retórica comunista clássica, chamando o ditador Kim Jong-un de camarada, Vladimir Putin desembarcou no início da madrugada de quarta (19, tarde de terça, 18, no Brasil) em Pyongyang. É sua primeira viagem em 24 anos à capital do obscuro regime da Coreia do Norte.
Como cartão de visitas, o presidente ordenou o início de um exercício militar de dez dias com 40 navios e 20 aeronaves de sua Frota do Pacífico em torno de águas da península coreana e do Japão, pontos que concentram quase 80 mil militares americanos.
Putin foi recebido pessoalmente por Kim no aeroporto da capital norte-coreana. Nesta quarta, haverá negociações entre ambos, assinaturas de acordos, concerto de gala, banquete de Estado, talvez um desfile militar e a visita a uma igreja ortodoxa russa.
A viagem é descrita no Ocidente como o aprofundamento de uma relação estratégica e comercial, na qual Kim incrementará o arranjo em que recebe tecnologia espacial e de mísseis russa,..

Read More