aplicativo

Bahia/SalvadorSaúde

Pesquisadoras baianas criam aplicativos destinados às mulheres com doença falciforme na gravidez e no puerpério

Foto: Gabriel Pinheiro/Secti A Doença Falciforme é o distúrbio genético mais comum no Brasil. De acordo com dados do Ministério da Saúde, o número de pacientes que convivem com a doença no país pode chegar a 100 mil. Durante a gravidez, a DF é considerada de alto risco e, sem os cuidados ou acompanhamentos adequados, pode provocar graves complicações à saúde, inclusive levar à morte. Visando disseminar a importância do autocuidado da doença, especialmente entre mulheres grávidas e puérperas, um grupo de pesquisadoras da Escola de Enfermagem da Universidade Federal da Bahia (Ufba), desenvolveu dois aplicativos, “DF Gestar” e “DF Puerpério”, com o propósito de promover a saúde e reduzir os riscos associados a essa enfermidade.
A Bahia se destaca por ser o estado brasileiro com maior incidência da doença, que geralmente afeta pretos, pardos e afrodescendentes. Os aplicativos têm como ponto central facilitar o entendimento sobre a Doença Falciforme na vida das mulheres grávidas e puérperas..

Read More