Visita ao Centro Ciência Viva, em Lisboa, encerra agenda oficial do MCTI em Portugal

Espaço de divulgação científica abriga mostras e exposições e faz parte de uma rede de instituições científicas portuguesas.

ma visita ao Pavilhão do Conhecimento no Centro Ciência Viva, em Lisboa, Portugal, marcou o encerramento da missão oficial do ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, astronauta Marcos Pontes, ao país nesta quarta-feira (2). O objetivo da visita é buscar projetos para o lançamento de uma rede de cooperação para a promoção da cultura científica e tecnológica entre os dois países.

O espaço de divulgação científica abriga mostras e exposições e faz parte de uma rede de instituições científicas portuguesas. O ministro Marcos Pontes elogiou o local e destacou a importância de iniciativas do tipo para atrair crianças e jovens para carreiras científicas no Brasil.

“É um lugar maravilhoso. Quem gosta de ciência entra aqui e fica maravilhado. É muito bacana. Eu falo no Brasil sobre a importância de motivar jovens e crianças para a ciência.  Nós assinamos na terça um memorando de entendimento com o ministro Manuel Heitor e esperamos ter possibilidades de parcerias”, disse.

A presidente do Centro Ciência Viva, Rosalia Vargas, falou sobre o desafio de levar ciência para todos os públicos. “Habitualmente, se vê espaços de divulgação científica como espaços dedicados aos mais novos. Na verdade, o nosso lema é ciência para todos. É uma questão de cidadania valorizarmos a cultura científica como instrumento para cidadania plena, para o cidadão ter melhores escolhas, expandir o conhecimento”.

Já a diretora executiva do Centro Ciência Viva, Ana Noronha, ressaltou o aspecto “mão na massa” do espaço, onde os visitantes podem interagir com os equipamentos. “Este é um espaço em que crianças podem experimentar tudo; fazer experiências com os fenômenos físicos, experimentar, tocar nos objetos”, disse.

A agenda oficial do ministro Marcos Pontes a Portugal contou também com a assinatura de memorandos de entendimento com o ministro de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Portugal, Manuel Heitor; a inauguração do cabo submarino de fibra óptica ligando o Brasil à Europa e uma visita à Universidade Nova de Lisboa (UNL). CategoriaCiência e Tecnologia. Agência Brasil – Foto: ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes

Deixe uma resposta