Viajantes com Covid-19 desembarcam de navio atracado em Salvador

Atividades da embarcação foram suspensas pela Anvisa – Foto: Olga Leiria | Ag. A TARDE

Moradores da capital baiana também deixam a embarcação.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a suspensão das atividades da embarcação Costa Diadema, que ficou atracada no Porto de Salvador com 68 casos positivos de Covid-19.

A viagem tinha previsão de chegar ao fim na segunda-feira, 3, mas a operação foi concluída de forma antecipada.

A Anvisa solicitou o desembarque de moradores de Salvador e das pessoas que testaram positivo para o vírus. Elas deverão ficar em quarentena em hotéis disponibilizados pela operadora do cruzeiro.

De acordo com os relatórios da embarcação, dentre os passageiros que testaram positivo para Covid-19 a grande maioria é assintomática, com apenas algumas pessoas com sintomas leves.

De Salvador, o navio seguirá com os demais viajantes para o Porto de Santos, em São Paulo. Antes do desembarque, no entanto, todos deverão ser testados e monitorados.

Novas operações da embarcação não serão autorizadas pela Anvisa, ficando impedida a sua saída do Porto de Santos até nova manifestação da Agência.

Já o navio MSC Splendida permanece atracado no Porto de Santos (SP), após o relato da ocorrência de testes positivos de Covid-19 a bordo. A Tarde

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: