Unidades de saúde são foco da segunda semana de combate à dengue

Os agentes de endemia do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), vinculado à Secretaria Municipal da Saúde (SMS), farão vistoria em unidades básicas e de urgência, e clínicas e hospitais, bem como praças públicas. As ações acontecem nesta quinta (25) e sexta-feira (26), a partir das 8h, e fazem parte da Operação Dengue, que segue até o fim de abril para visitar pontos estratégicos da cidade, no intuito de combater a proliferação do mosquito.

O trabalho preventivo é resultado do monitoramento do Aedes na capital. De acordo com a subgerente de arboviroses do CCZ, Cristina Guimarães, os meses de março e abril são historicamente pontuados por um aumento do número de ocorrências das doenças transmitidas pelo mosquito na cidade. Com isso, além da eliminação de focos em diversas áreas da capital, os cidadãos também são conscientizados para agirem no combate ao Aedes na própria residência.

Dados – Na capital baiana, houve uma redução de 97% nos casos notificados de dengue, em seguida de 96% nas ocorrências de chikugunya e 93% para zika. Os dados correspondem entre os meses de janeiro e março de 2020, em comparação com o mesmo período de 2021.

Cronograma

25 e 26 de março: Inspeções em praças públicas, bocas de lobo e instituições de saúde como UPAS, hospitais e clínicas.

31 de março e 1º de abril: Inspeções em instituições de ensino municipal e estadual.

08 e 09 de abril: Inspeções em hotéis, pontos turísticos e ação em imóveis de acumuladores em parceria com a Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) e a Secretaria de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esporte e Lazer (Sempre)

15 e 16 de abril: Inspeções em mercados municipais, feiras livres, parques e estações de transbordo.

22 e 23 de abril: Inspeções em órgãos públicos e em mutirões de limpeza com a Limpurb. Secom – Foto: Bruno Concha/Secom

Deixe uma resposta