Trindade vai questionar ao PTN votos de vereadores a favor de ACM Neto

Estranhos no ninho. A aprovação do projeto Revitalizar, nesta quarta-feira (26), na Câmara de Salvador, contou com dois votos de opositores: Sidinho (PTN) e Toinho Carolino (PTN). O fato causou estranheza e demonstrou falta de sintonia entre os petenistas e o bloco de oposição, cuja orientação foi o voto contrário.

Contudo, os edis se desgarraram do bando e votaram junto com a bancada do prefeito ACM Neto (DEM).

Em contato com o BN, o líder da oposição Zé Trindade (PSL), afirmou que questionará ao PTN sobre a postura dos edis. “Vamos conversar com o PTN, pois precisamos de uma unidade. Temos que saber qual é o projeto que eles defendem!”, disse.

“Até alguns dias antes da votação, a bancada estaria unida e coesa, chegou na hora eles tomaram essa atitude lamentável”, completou.

O BNews tentou contato com Toinho e Sidininho, mas não obteve êxito. Pelo apurado, ambos utilizaram da justificativa da apresentação de uma emenda de Sidininho para votarem favoráveis a todo o projeto. Trindade acredita que não é uma justificativa plausível.

O fato é: a bancada não gostou e o PTN tem dado exemplo de que rompeu com ACM Neto, mas ainda bebe na fonte da prefeitura. Está com um pé na oposição e outro na situação.