Senadores pró-garimpo esvaziam comitiva parlamentar sobre yanomamis

JOÃO GABRIEL
BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – Parlamentares da comitiva do Congresso que foram a Roraima com a missão de apurar as denúncias de violência contra os índios yanomamis faltaram a compromissos do grupo para comparecer a outras agendas da política local.

A diligência durou três dias e foi encerrada na última sexta-feira (13). O senador Chico Rodrigues (União Brasil-RR) faltou em grande parte do dia em que aconteceram encontros com PF (Polícia Federal), políticos locais e outras entidades.

Durante a manhã de quinta, os parlamentares se reuniram com representantes da Funai (Fundação Nacional do Índio), do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) e do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade). Rodrigues estava em um evento do governo do estado, que anunciou a autorização para o início das obras de duplicação de uma rodovia local.

A obra –que, segundo divulgou o governo, custará R$ 24 milhões– recebeu R$ 12 milhões do ..

Ler mais