Rússia acusa Ucrânia de ataque a infraestrutura civil em região anexada

DestaquesMundo

Rússia acusa Ucrânia de ataque a infraestrutura civil em região anexada

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Em uma etapa na Guerra da Ucrânia em que a Rússia investe na destruição da infraestrutura civil no país ocupado, Moscou acusou as forças rivais de usar a mesma estratégia neste domingo (6). O alvo foi uma represa no sul do país, o que provocou cortes de água e eletricidade em Kherson, região anexada pelo Kremlin no fim de setembro.

Seis mísseis Himars foram disparados contra a represa de Kakhovka, que fica na porção final do rio Dnieper. Autoridades russas afirmaram que cinco deles foram interceptados, mas o que driblou as unidades de defesa atingiu e danificou a eclusa da barragem.

Líderes da ocupação se referiram ao episódio como um “ataque terrorista organizado pela parte ucraniana” e ainda relataram danos em três linhas de alta tensão no local. Por essa razão, afirmam que não há água nem eletricidade na cidade de Kherson e em outros distritos da região.

A barragem de Kakhovka foi tomada pela Rússia no início da ofensiva na Ucrânia e permite abastecer..

Read More