política internacional

Brasil

A entrada do Brasil na OCDE é imperiosa necessidade

Lula e membros da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) Foto: EFE/EPA/Takashi Aoyama / POOL O presidente Lula sempre se disse um comunista ou, pelo menos, nos últimos tempos, manifestou o seu prazer em colocar um ministro comunista no Supremo Tribunal Federal. É amigo de ditadores comunistas, como Nicolás Maduro (Venezuela), Daniel Ortega (Nicarágua), Xi Jinping (China) e Vladimir Putin (Rússia), e tem trabalhado para aquilo que ele chama de “Sul global”. Afasta-se, pois, dos países democráticos e vincula-se aos países mais à esquerda, a maioria ditaduras.
Por que estou mencionando isso? Porque, de rigor, nossa entrada na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), onde estão países inclusive da América, como, o México, é importante. A OCDE é uma organização que representa 70% do PIB mundial e onde o progresso de todas as nações é evidente.
O embaixador Rubens Barbosa, em recente artigo no jornal O Estado de São Paulo, mostrou a importân..

Read More