No Dia Internacional de Combate à Homofobia, Corinthians tira verde da bandeira LGBTQIA+

No Dia Internacional de Combate à Homofobia, o Corinthians retirou o verde da bandeira LGBTQIA+ para homenagear a causa. Nas redes sociais, a equipe paulista substituiu a cor – associada ao rival, Palmeiras – pelo cinza. “O Brasil é o país que mais mata pessoas LGBTQIA+. Respeite quem só quer viver. 17 de maio – Dia Internacional de Combate à Homofobia”, diz a mensagem corintiana. O Brasil é o país que mais mata pessoas LGBTQIA+. Respeite quem só quer viver. 17 de maio – Dia Internacional de Combate à Homofobia pic.twitter.com/TzI4gnvwGr — Corinthians (@Corinthians) May 17, 2022 Cada cor da bandeira LGBTQIA+ tem um significado próprio. O vermelho simbola a vida; o o laranja, cura ou saúde; o amarelo, a luz do sol; o verde, a natureza; o azul, a arte; e o lilás, o espírito. Só em 2021, foram 300 mortes violentas de pessoas LGBTQIA+, incluindo 276 homicídios e 24 suicídios, com média de uma morte a cada 29 horas no Brasil. O dia 17 de maio é celebrado desde 2010 como o Dia Internacional ..

Ler mais