Mundo Médico que família acreditava ser refém do Hamas é achado morto em Israel

DestaquesMundo

Médico que família acreditava ser refém do Hamas é achado morto em Israel

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – O corpo de um médico de 35 anos, que a família acreditava ter sido levado como refém pelo Hamas, foi encontrado. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (3) pelas Forças de Defesa de Israel.
Os restos mortais de Dolev Yehud foram localizados na fronteira do Kibutz Nir Oz. O local fica a cerca de 1 quilômetro da Faixa de Gaza e foi atacado pelo grupo extremista Hamas no primeiro dia da guerra, em 7 de outubro do ano passado.
O médico deixou sua casa no dia do atentado para tentar salvar vidas. A informação foi publicada pelo exército israelense.
“Seu corpo foi localizado no Kibutz Nir Oz. Após um processo de identificação realizado por funcionários médicos do Instituto Nacional de Medicina Forense e da base militar de Shura, a IDF conseguiu identificar seu corpo. Que sua memória seja uma bênção”, diz texto publicado pelas Forças de Defesa de Israel.
A esposa de Yehud, Sigal, estava grávida de nove meses em 7 de outubro. O quarto filho do casal nasceu..

Read More