EUA liberam Ucrânia para atacar Rússia com armas americanas

DestaquesMundo

EUA liberam Ucrânia para atacar Rússia com armas americanas

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Em meio ao agravamento da situação militar da Ucrânia ante as forças invasoras de Vladimir Putin, os Estados Unidos disseram pela primeira vez, nesta quarta (15), que o emprego de suas armas contra o território russo por Kiev é uma decisão do governo de Volodimir Zelenski.
Em uma entrevista coletiva na capital ucraniana, o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, disse que não “encoraja ataques fora da Ucrânia”, mas que, em última instância, Kiev “tem de tomar decisões por conta própria sobre como vai conduzir esta guerra”.
A frase poderá gerar uma escalada por parte de Putin, que sempre colocou a situação como uma linha vermelha na guerra que iniciou em 2022. Ela foi bastante ambígua a ponto de permitir uma negativa de intenção, mas isso não será lido assim em Moscou.
Há três semanas, o chanceler britânico, David Cameron, afirmou que Kiev estava livre para usar seus mísseis de longa distância contra a Rússia. Em resposta, Putin anunciou que atacari..

Read More