‘Maioria das pessoas que conheço que fuma maconha trabalha todo dia’, diz secretário

O secretário da Segurança Pública da Bahia, Ricardo Mandarino, voltou a defender a regulamentação de drogas como a maconha. A fala de Mandarino aconteceu em um congresso no final de abril e está disponível no canal da Superintendência de Prevenção à Violência (SPREV).
Mandarino diz que os países que permitem o consumo de maconha não fizeram um “liberou geral” e que ainda existe um controle. “Estou propondo uma política como se faz igual ao cigarro”, diz ele, destacando que em sua opinião o Brasil tem a melhor política em relação ao cigarro no mundo. “A política do cigarro deu certo”, afirmou. “Não é proibido fumar, mas as pessoas têm vergonha, você não vê um jovem fumando cigarro, não vê pessoas fumando na rua”.
Ele afirmou ainda que o tráfico de drogas movimenta “o dobro do que a Bahia arrecada de tributos” e que muitos homicídios estão ligados ao tráfico. “Aí as pessoas ficam nesse círculo vicioso”.

Para Mandarino, a argumentação contra a maconha é igual a que era usada contra ..

Ler mais