Brasileira acusada de tráfico é condenada a 9 anos de prisão na Tailândia

A brasileira Mary Hellen Coelho Silva, de 21 anos, presa por tráfico internacional de drogas, em fevereiro deste ano, na Tailândia, foi condenada a 9 anos e seis meses de prisão. A sentença foi dada no domingo, 8, mas a informação foi repassada aos advogados que acompanham o caso na madrugada desta quinta-feira, 12, por meio do consulado brasileiro no país asiático. Mary Hellen foi presa com outros dois brasileiros, no dia 14 daquele mês, quando desembarcava no aeroporto de Bangkok, capital do país, com 15,5 kg de cocaína nas bagagens. De acordo com o advogado Telêmaco Marrace de Oliveira, que atua no caso de Mary Hellen no Brasil, a pena foi de 7 anos e 6 meses de prisão e 2 anos de reparação civil. “Essa pena de dois anos é uma reparação ao Estado, prevista na lei tailandesa. No caso, a pena de segregação corporal é de 7 anos e 6 meses”, explicou. O advogado disse que a pena está em consonância com as leis atuais da Tailândia. “Essa história de pena de morte ou prisão perpétua, nesse..

Ler mais