Suspeito da morte de dentista era motorista de aplicativo e usava carro da avó para crimes

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×

Outros dois comparsas estão sendo procurados.

Um dos homens suspeitos da morte da dentista Rita de Cássia Guedes, de 59 anos, no IAPI, em Salvador, trabalhava como motorista de aplicativo e é apontado como integrante de uma quadrilha especializada em roubos. O suspeito de 35 anos, foi detido e apresentado no início da noite desta sexta-feira (5), na sede da Polícia Civil, na praça da Piedade.

Conforme informações da Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), o suspeito estava escondido na localidade da Baixa do Tubo, bairro de Cosme de Farias. Ainda de acordo com a polícia, o homem utilizava um carro que estava no nome da avó dele para cometer os crimes.

A vítima foi baleada dentro do carro dela, na Rua Professor Moura Bastos, e mesmo ferida, seguiu até a Avenida San Martin. Ela chegou a ser socorrida para o Hospital Ernesto Simões, mas não resistiu e morreu. Crime aconteceu em 11 de junho deste ano.

De acordo com o diretor do Departamentos de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP), o delegado Élvio Brandão, outros dois comparsas estão sendo procurados e que a população pode ajudar denunciando através dos telefones 190 e 3235-0000 (Disque Denúncia). Varela

Deixe uma resposta

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×