Sempre ultrapassa R$ 1,4 milhão em auxílios emergência para famílias atingidas por chuvas

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×
População atingida foi acolhida em escolas municipais, associações, igrejas e assistida pelas equipes da Sempre.

Para atender a população afetada pelas chuvas que atingiram Salvador na última terça-feira (26), a Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre) cadastrou até sexta-feira (29) 1.064 famílias e pagou 965 auxílios emergência, o equivalente a R$ 1.435.140,00.

A secretária Ana Paula Matos ressaltou o empenho da gestão municipal em minimizar os danos causados pelas chuvas.

“Desde terça-feira, nossa equipe vem trabalhando, dando todo o suporte às famílias das áreas de risco. Mesmo após um fenômeno metereológico inesperado, nossa equipe tem pessoas preparadas, que agiram rápido para trabalhar por quem mais precisa. Sou grata a Deus por todas vidas preservadas. Nessa Secretaria eu me sinto gente, é aqui que meu trabalho faz sentido. Tenho a convicção que a cada dia e a cada hora fora de casa vidas estão sendo cuidadas. O trabalho não para por aqui. Não vamos descansar enquanto toda a situação esteja normalizada”, disse.

Nas 10 áreas de Salvador onde as sirenes foram acionadas, a Sempre efetuou cadastros em: (346) Boiadeiro, (298) Bate Facho, (124) Boa Vista do São Caetano, (76) Jaqueira, (64) Baixinha de Mussurunga, (61) Tancredo Neves e Arenoso, (37) Valéria, (29) Vila Nova Pituaçu, (18) Baixão, (06) Sussuarana e em (05) Pirajá.

A população atingida foi acolhida em escolas municipais, associações, igrejas e assistida pelas equipes da Sempre. À medida que a situação nas áreas de risco foi normalizada, gradativamente, as famílias retornaram para os seus lares e os acolhimentos provisórios foram encerrados na noite de sexta-feira.

As pessoas que não tiveram, ainda, como retornar para suas casas foram relocadas nas unidades de acolhimento da Sempre. Um casal do Calabetão foi encaminhado para a ASPEC Boca do Rio; um homem de Sussuarana para a Uai de Pau da Lima e homem de Tancredo Neves na ASPEC de Pituaçu.

Além do auxílio-moradia e auxílio-emergência, que estão sendo disponibilizados após vistoria da Defesa Civil, a secretaria disponibilizou para as famílias provisões materiais para atendimento imediato de necessidades básicas, como tolhas, cobertores, colchões, cestas básicas, lençóis, e kits de higiene, limpeza e infantil. bahia.ba

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×