Salvador terá câmeras de reconhecimento facial em pontos turísticos

Os principais pontos turísticos de Salvador receberão câmeras de reconhecimento facial, conforme anúncio do prefeito Bruno Reis (DEM), feito na manhã desta quarta-feira, 13.

De acordo com o gestor, a iniciativa visa coibir a criminalidade nos principais focos de turismo da capital baiana, após a recente escalada de violência, que teve como episódio mais recente o assassinato de um homem na praia do Porto da Barra no último domingo, 10.

“Essas são áreas importantes para a cidade com geração de emprego e renda, acredito muito que a tecnologia pode auxiliar no combate ao crime, a prefeitura entra no que for possível, sempre consciente que a segurança pública cabe ao Estado”, afirmou.

O prefeito ressaltou que a instalação dos equipamentos, financiados com verbas do Programa de Desenvolvimento do Turismo no Nordeste (Prodetur), afeta positivamente a vinda de turistas à capital baiana: “As pessoas quando viajam levam em consideração a segurança”.

Ainda de acordo com Bruno, uma reunião com o Coronel Paulo Coutinho, comandante da PM baiana, já foi realizada para definir como será a atuação do órgão nas regiões em que os equipamentos serão instalados.

Os locais e datas escolhidos para a instalação das câmeras de reconhecimento facial não foram divulgadas até o momento.

Investimento

No mês de julho, o governador Rui Costa (PT) assinou uma ordem de serviço para a ampliação do sistema de reconhecimento facial e de placas em Salvador e outras 77 cidades do estado.

O investimento é avaliado em R$ 665 milhões e de acordo com o governo, a tecnologia já foi responsável pela prisão de 221 procurados pela Justiça. A Tarde

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: