Salvador ganha 40 novos respiradores e terá ampliação de leitos de UTI

A chegada de 40 novos respiradores enviados a Salvador pelo governo federal permitirá que a capital baiana amplie o número de leitos de UTI para o tratamento de pacientes que desenvolvem sintomas graves do coronavírus. Os equipamentos foram apresentados pelo prefeito Bruno Reis nesta terça-feira, 16, durante coletiva virtual realizada na Central Logística do Município (CLM), em Campinas de Pirajá.

Dos 40 respiradores, 25 são de cabeceira e podem ser usados durante o procedimento de intubação de forma permanente. O município já tem na reserva outros seis aparelhos do tipo, que foram liberados judicialmente após ficarem sem uso no Instituto Bahiano de Ortopedia e Traumatologia (Insbot).

De acordo com o prefeito, dez unidades serão destinadas para o Hospital Salvador, na Federação, o que permitirá que o hospital atinja plena capacidade de funcionamento. Já o recém-inaugurado hospital de campanha da Estação Cidadania, em Itapuã, receberá 20 respiradores que permitirão a transformação de leitos de enfermaria em leitos UTI.

Os demais 15 aparelhos são de transporte e serão usados provisoriamente em Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) até a regulação dos pacientes aos hospitais de referência.

“Vamos abrir em, no máximo dez dias, mais 30 leitos de UTI. Hoje já temos 256, sendo que na primeira onda da pandemia eram 228 vagas. Esse é um dos esforços que fazemos para enfrentar a pandemia. Cada leito desse tem diária de R$ 2,4 mil”, explicou o chefe do Executivo municipal. A Tarde

Deixe uma resposta