Salles entrega o celular à PF e diz querer “colaborar com as investigações”

Alvo de dois inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, entregou nesta segunda-feira, 7, seu celular à Polícia Federal e informou estar disponível para “colaborar com as investigações”, segundo O Globo.

A defesa de Salles enviou uma petição ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo, para informar a entrega do aparelho.

Há três semanas, o ministro foi alvo de busca e apreensão na Operação Akuanduba, mas na ocasião os agentes da PF não conseguiram apreender o celular. Conforme a colunista Bela Megale, Salles argumentou que não estava com o celular no momento da busca. Na operação, a polícia cumpriu busca e apreensão no Ministério do Meio Ambiente

Na Akuanduba, o ministro é investigado por suspeita de facilitar a exportação ilegal de madeira do Brasil para os Estados Unidos e Europa. No outro inquérito, sob relatoria da ministra Cármen Lúcia, Salles é suspeito de atuar para obstruir investigações da PF contra desmatamento ilegal na Amazônia. A Tarde

Deixe uma resposta