Roberto Jefferson diz que Lira tem “rabo preso” com STF por não defender Daniel Silveira

Após defender publicamente o deputado federal preso Daniel Silveira (PSL), por ameaças ao Supremo Tribunal Federal (STF) e apologia ao instrumento repressivo da Ditadura Militar – o AI-5 – o cacique do PTB, Roberto Jefferson, acusou o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, de omissão.

Segundo ele, Lira tem “rabo preso” com o STF, já que não fez nenhum esforço para defender o deputado bolsonaristas. 

Em áudio enviado por Whatsapp a aliados na sexta-feira (19), o ex-deputado condenado no caso do Mensalão diz que Lira está acuado pois foi ameaçado pelo STF em razão dos processos de peculato e lavagem de dinheiro que correm contra ele.

“Os ministros chamaram ele [Lira] lá e disseram: ‘nós vamos te processar, botar teu processo para andar’. E aí ele tremeu na perna”, disse Jefferson.

A orientação do PTB, inclusive, foi de votar pela saída de Daniel Silveira da prisão. Dos 11 deputados, somente dois votaram pela manutenção da prisão, e devem ser punidos pelo líder da sigla: Pedro Augusto Bezerra (CE) e Pedro Lucas Fernandes (MA).

Com a iminente expulsão de Daniel Silveira do PSL, Roberto Jefferson já deixou as portas abertas para que o deputado preso se filie ao PTB. Bocão

Deixe uma resposta