Projeto Inspirar: Bahia recebe doação de 20 respiradores pulmonares

Criado em março de 2020 pela companhia mineira Tacom, no início da pandemia da Covid-19, o projeto Inspirar surgiu com o desejo de mobilizar a sociedade e empresas brasileiras a cooperar com a fabricação de ventiladores pulmonares próprios, a fim de ajudar instituições de saúde no combate ao coronavírus. A meta inicial é desenvolver equipamentos a serem produzidos em larga escala e baixo custo.

A diretora executiva do projeto, Cláudia Tonussi, em entrevista ao programa Isso é Bahia, na rádio A TARDE FM, nesta sexta-feira, 26, disse que o ‘Inspirar’ tem como compromisso levar o maior número de equipamentos a hospitais e entidades de saúde, que estão colapsados, especialmente neste momento mais grave da pandemia.

“O diferencial do projeto é que os ventiladores pulmonares foram concebidos com a participação de médicos, intensivistas e fisioterapeutas, que estão na linha de frente. Eles deram o suporte para fazer a parametrização do equipamento. A ideia era a de que ele chegasse na ponta e o profissional pudesse operar sem dificuldade”, contou.

Iniciativa solidária

A Tacom, que atua há mais de 40 anos em tecnologia para o setor de transporte, aliada ao apoio da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG) e de diversas empresas e voluntários, viabilizou o projeto de um ventilador pulmonar próprio, o VI-C19. 

Segundo Cláudia Tonussi, o Inspirar foi desenvolvido com a participação desses voluntários, que se engajaram em tempo recorde para conseguir, em 45 dias, a homologação junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a produção dos equipamentos.

“A Federação das Indústrias, que arrecadou valores junto às empresas de Minas Gerais. conseguiu a viabilização da doação de 1.700 equipamentos. Agora, estamos numa nova fase: arrecadamos doações de entidades, empresas e pessoas físicas, que queiram contribuir, formar um fundo, possibilitar a produção e direcionar os equipamentos para as instituições”, detalhou.

Doações

Em duas semanas, a campanha conseguiu a doação de 40 respiradores pulmonares, sendo que, deste total, 20 foram destinados à Bahia. De acordo com Cláudia, 10 tiveram como destino o Hospital Santa Clara e o Hospital da Cidade, em Salvador, enquanto os outros foram distribuídos em Teixeira de Freitas e Porto Seguro, no sul do estado.

As pessoas, empresas e instituições interessadas em doar, podem fazê-lo diretamente no site do projeto, no endereço www.projetoinspirar.com.br. A Tarde

Deixe uma resposta