Presidente de sindicato de agentes de trânsito é detido por embriaguez, após causar acidente com 5 feridos

Caso ocorreu no município de Ilhéus, no sul da Bahia. Homem, que também se feriu em engavetamento, pagou fiança de R$ 3 mil e foi liberado.

presidente do Sindicato dos Agentes de Trânsito de Ilhéus, no sul da Bahia, Valério Bonfim Ribeiro, foi detido por emabriaguez ao volante, após provocar um acidente que deixou ele e outras quatro pessoas feridas, duas delas em estado grave.

O caso ocorreu na noite de domingo, na BR-415, próximo ao bairro Salobrinho. Valério passou quase dois dias preso e só foi liberado no final da tarde desta terça-feira (2), por volta das 17h30, após pagamento de fiança no valor de R$ 3 mil.

Ele vai responder em liberdade também por lesão corporal culposa na direção e ficará com a carteira de habilitação suspensa pelo período de um ano. Uma fonte ligada ao Superitendência Regional de Trânsito da cidade disse ao G1, sob anonimato, que Valério já atuou como agente de trânsito, mas que está afastado da função há cinco anos, desde que assumiu o cargo de presidente do sindicato.

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), após o acidente, Valério se negou a fazer o teste do bafômetro e foi levado para a delegacia. O órgão de trânsito disse que o homem apresentava sinais de embriaguez e trafegava em alta velocidade quando provocou o acidente.

Segundo a PRF, ele colidiu na parte traseira de um veículo e provocou um engavetamento. Valério estava com outras quatro pessoas no carro, segundo a polícia. Ele e mais dois tiveram ferimentos leves.

Os demais ocupantes do veículo foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhados com ferimentos graves para o Hospital Regional de Ilhéus. Não há informações atualizadas sobre o estado de saúde das vítimas.

A Superintendência Regional de Trânsito da cidade informou que já tem conhecimento do caso e que vai apurar as circunstâncias do ocorrido. O G1 não conseguiu contato com Valério nesta terça-feira. G1