Prefeitura e Drogaria São Paulo estabelecem parceria para arrecadação de doações

A Prefeitura lançou, na manhã desta quarta-feira (14), a segunda edição da Campanha Salvador Solidária, que conta com o apoio da Drogaria São Paulo. A rede criou pontos de coleta para doação de alimentos não-perecíveis e itens de higiene em todas as 50 unidades em funcionamento na capital baiana.

Durante coletiva virtual de lançamento dos sites Hora Marcada para vacinação de idosos e de cadastro de pacientes com comorbidades, realizada no Parque de Exposições, o prefeito Bruno Reis agradeceu o apoio da empresa na ação, que visa dar assistência aos cidadãos que vêm sendo afetados pela crise causada pela Covid-19.  “As pessoas que quiserem fazer doação para ajudar a Prefeitura no enfrentamento da pandemia e, em especial às questões sociais, podem se dirigir a uma das unidades da drogaria São Paulo”, ressaltou o chefe do Executivo municipal. 

A campanha teve a primeira edição lançada no ano passado e é coordenada pela Empresa Salvador Turismo (Saltur), com apoios das secretarias municipais de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esporte e Lazer (Sempre) e de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ).

De acordo com a gerente regional da Drogaria São Paulo no estado, Joana Andrade, a marca reafirma, mais uma vez, o compromisso em participar de iniciativas que minimizem os impactos causados pela pandemia, sobretudo à população mais carente de Salvador. “Os desafios que a Covid-19 trouxe para todos são enormes, mas, juntos, conseguiremos ajudar àqueles que estão passando por mais dificuldades. Assim como ofertamos cuidado aos nossos clientes, queremos que eles, juntamente conosco, cuidem da população carente da nossa cidade”, apontou Joana.

Solidariedade – O presidente da Saltur, Isaac Edington, analisa a chegada da parceria em um momento importante. “Os efeitos da pandemia têm atingido prioritariamente as pessoas mais vulneráveis. Desta forma, precisamos agir e sermos mais solidários. A Prefeitura vai continuar atuando fortemente na assistência social, mas a união entre o poder público, empresas e os cidadãos com possibilidades de doar é o caminho para combatermos gradativamente as desigualdades”, destacou o gestor.

Para o titular da Sempre, Kiki Bispo, nesse período de crise sanitária a população de Salvador tem dado muitas demonstrações de altruísmo e solidariedade. “Tenho convicção que essa arrecadação vai superar todas as nossas expectativas e as doações serão muito importantes no trabalho de assistência à população mais vulnerável da nossa cidade”, celebrou. 

A titular da SPMJ, Fernanda Lordelo, vê a parceria com a Drogaria São Paulo de grande relevância, sobretudo quando se analisa a situação das mulheres ao longo da pandemia. “Estamos cientes do aumento da vulnerabilidade social, principalmente entre as mulheres, no ano de 2020. Muitas estão sem trabalho, em casa, precisando de apoio através de iniciativas públicas e privadas para garantir condições mínimas de vida nesse momento. Sei da solidariedade do povo baiano e da sua boa vontade em ajudar”, declarou. Secom

Deixe uma resposta