Prefeitura avalia fechar outros trechos da orla durante Réveillon

A preocupação com as festas de fim de ano, em meio ao crescimento de uma nova onda do coronavirus, pode levar a Prefeitura de Salvador a fechar novos trechos da orla durante o Réveillon na capital.

Em coletiva de imprensa na manhã desta quarta-feira, 23, o prefeito ACM Neto (DEM) afirmou que a medida está sendo avaliada e que outros trechos, além da Orla da Barra, que já teve seu fechamento definido para o dia 31 de dezembro, poderão ser interditados para evitar aglomerações durante a virada do ano.

“Estamos repassando a interdição da Orla da Barra e estamos avaliando se, do ponto de vista operacional, outros trechos precisarão ser interditados. Não temos como fiscalizar todos os 64km de extensão da orla da cidade, mas estaremos com o efetivo máximo da prefeitura trabalhando para uma fiscalização efetiva. Porém, mesmo com todo efetivo de plantão, precisamos da postura do cidadão”, alertou 

Neto afirmou ainda que a população, talvez por preocupação com a nova onda, passou a retomar os cuidados necessários para evitar a disseminação do vírus e que essa postura pode colaborar para evitar que a prefeitura necessite tomar medidas mais duras.

“Tenho feito o apelo no sentido da prudência e da moderação nas festas de fim de ano. Tenho percebido que as pessoas, em função da preocupação do momento, voltaram a usar máscaras com maior frequência nas ruas. Há também uma maior colaboração do comércio. Esperamos que não haja excesso nessas duas semanas para que depois a ressaca não seja muito pesada”, disse. A Tarde

Deixe uma resposta