Prefeito de Barra do Mendes chicoteia manifestantes com cinto durante protesto pacífico

O prefeito do município de Barra do Mendes (a 540 km de Salvador), Armênio Sodré, conhecido como Galego do MDB, agrediu manifestantes que estavam na frente da sua casa com um cinto, na noite da sexta-feira, 4. A agressão, que foi filmada por câmeras de segurança e pela própria população, deixou três mulheres feridas, sendo uma com fortes marcas pelo corpo.

Segundo informações da página Acorda Barra do Mendes, um pequeno grupo, formado em sua maioria por mulheres, protestava pacificamente em frente a casa do gestor, quando este chegou de forma brusca, já atacando a cintadas os manifestantes. Um vídeo publicado pelo perfil mostra que, entre as pessoas, estavam uma mulher com uma criança de colo.

O protesto, segundo o Acorda Barra do Mendes, cobrava mais transparência sobre os gastos públicos, principalmente sobre as verbas destinadas ao enfrentamento da Covid-19. Nas imagens é possível que Galego do MDB chega de carro já com o cinto na mão e o desfere contra as pessoas, gerando confusão e correria.

Uma das vítimas foi a comerciante identificada como Simone Feitosa. Imagens compartilhadas também pela Acorda Barra do Mendes mostram que a mulher ficou com a mão sangrando e teve as costas marcadas.

O caso foi registrado na manhã deste sábado, 5, na Delegacia de Irecê. A unidade expediu a guia para exame de corpo delito e vai iniciar a apuração. Em nota, a assessoria do prefeito Galego do MDB, afirmou que este “reagiu intempestivamente” após ser xingado de “ladrão e assassino”.

A equipe de reportagem do Portal A TARDE não conseguiu contato com o gestor até a publicação desta matéria.

Comerciante Simone Feitosa teve as costas marcadas e ferimentos na mão | Foto: Juan Pimentel | Acorda Barra do Mendes
Comerciante Simone Feitosa teve as costas marcadas e ferimentos na mão | Foto: Juan Pimentel | Acorda Barra do Mendes

Deixe uma resposta