Polícia indicia ex-presidente do Flamengo e mais sete por mortes em CT

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×
Eduardo Bandeira de Mello foi indiciado por homicídio com dolo eventual.

O ex-presidente do Flamengo Eduardo Bandeira de Mello e outras sete pessoas foram indiciados por homicídio com dolo eventual pela Polícia Civil do Rio de Janeiro, pela morte de 10 jovens atletas no Centro de Treinamento do clube, em fevereiro.

O incêndio ocorreu em um alojamento improvisado com contêineres em uma área do Ninho do Urubu, em Vargem Grande, Zona Oeste do Rio.

Assinado pelo delegado Márcio Petra, da 42ª DP (Recreio), o inquérito também pede o indiciamento por dolo eventual de engenheiros do Flamengo e da empresa NHJ, responsável pelos contêineres, além de um técnico de refrigeração e de um monitor do clube. Bahia.ba

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×