PGR nega pedido para investigar Bolsonaro por indicar cloroquina contra Covid-19

Pedido foi apresentado pelo PDT.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) negou o pedido do Partido Democrático Trabalhista (PDT) para investigar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) por indicar o uso da cloroquina azitromicina e ivermectina para pacientes internados com o novo coronavírus.

O documento, assinado pelo Procurador-Geral da República, Augusto Aras, cita que os fatos apresentados na denúncia do PDT “já são de conhecimento da PGR”. De acordo com ele, caso sejam apresentados outras denúncias que levantem a possibilidade de atos ilícitos, “serão adotadas medidas cabíveis”.

“Caso surjam indícios mais robustos da possível prática de ilícitos pelo requerido, serão adotadas as medidas cabíveis. Em face do exposto, o Procuradoria-Geral da República manifesta-se pela negativa de seguimento à petição”, afirmou. bahia.ba

Deixe uma resposta