Policia / Justiça

PF mira em mais um suspeito ligado a grupo radical que planejava atacar o Brasil

Polícia Federal (PF) cumpriu mandado de busca e apreensão contra mais um suspeito de ter ligações com o grupo radical islâmico Hezbollah. Segundo a CNN Brasil, as buscas ocorreram na sexta-feira (10), em Goiás, onde o homem também foi ouvido.

O suspeito é o sexto alvo da Operação Trapiche, deflagrada na quarta-feira (8) para desarticular um grupo que planejava atos de terrorismo no Brasil. Até o momento, duas pessoas suspeitas de ligação com o Hezbollah no país já foram presas. Mandados de busca também foram cumpridos em Minas Gerais, São Paulo e no Distrito Federal.

De acordo com a PF, o objetivo da Trapiche é obter provas de possível recrutamento de brasileiros para a prática de atos extremistas. Um dos presos de São Paulo foi detido ao desembarcar de uma viagem ao Líbano. A corporação acredita que ele chegou com informações para repassar ao comparsa e praticar os ataques.

Ainda conforme a PF, os suspeitos preparavam atos de terrorismo no país, com focos em ataques a prédios da comunidade judaica. Bocão News