PF indicia Bivar e três candidatas do PSL por esquema de laranjas

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×
O grupo é acusado dos crimes de falsidade ideológica eleitoral, apropriação indébita de recurso eleitoral e associação criminosa.

O presidente nacional do PSL, Luciano Bivar, e três candidatas do PSL foram indiciados pela Polícia Federal, por suspeita de envolvimento em um esquema de candidaturas laranjas.

Segundo a Folha, os quatro foram indiciados sob suspeita dos crimes de falsidade ideológica eleitoral, apropriação indébita de recurso eleitoral e associação criminosa — com pena de cinco, seis e três anos de cadeia, respectivamente.

Além do deputado federal, foram alvos da PF Maria de Lourdes Paixão, Érika Santos e Mariana Nunes.

Secretária de Bivar há cerca de 30 anos, Maria de Lourdes disputou o cargo de deputada federal e teve somente 274 votos. Ela foi a terceira maior beneficiada com verba do PSL em todo o país, recebendo mais até do que o próprio Jair Bolsonaro.

Na quarta-feira (27), o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) reprovou por unanimidade sua prestação de contas e determinou o ressarcimento de R$ 380 mil. bahia.ba

Deixe uma resposta

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×