Pelé estende internação para tratar infecção urinária

O ex-jogador está internado desde o dia 13 de fevereiro – Foto: Reprodução | Instagram

Previsão é que o ex-jogador, que tirou um tumor no instestino, receba alta nos próximos dias.

O Rei do Futebol, Pelé, precisou estender o sua permanência no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Internado desde o dia 13 de fevereiro, para tratamento após retirada de um tumor no instestino, o ex-jogador precisou tratar também uma infecção urinária. 

De acordo com o boletim médico, divulgado pela unidade de saúde nesta segunda-feira, 21, Pelé deveria receber alta já nos próximos dias. Ele descobriu a infecção urinária durante a estadia, enquanto realizava exames de rotina. 

“Durante sua estadia, foram realizados exames de rotina, que indicaram a presença de uma infecção urinária, fato que estendeu a permanência do paciente no hospital. Suas condições clínicas são estáveis, e a alta hospitalar deve acontecer nos próximos dias”, diz trecho do comunicado. 

Nos últimos meses, Pelé tem passado por repetidas internações, principalmente em decorrência das sessoes de quimioterapia. Ele chegou a deixar o hospital em dezembro, quando pôde passar o fim de ano com a sua família. A Tarde

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: