Núcleo psicossocial dará suporte a guardas municipais

Os agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) de Salvador já passam a contar com um espaço para auxílio psicossocial situado na Lagoa dos Pássaros, no Stiep. Inaugurado na terça-feira (26), o Núcleo Psicossocial (Nups) oferece atendimento em três áreas fundamentais no processo: psicologia, psiquiatria e assistência social.

A proposta da criação do Nups, que é uma extensão de atividades já desempenhadas na sede da GCM, na Avenida San Martin, é que o agente seja acolhido no momento de necessidade. Serão realizadas atividades, terapias, programas preventivos na área de saúde mental, palestras, atendimentos psicológicos individuais e em grupos, buscando auxiliar no alívio das tensões e na busca pela qualidade de vida.

Fotos: Ascom/GCM

O serviço conta com uma preparação especial dos coordenadores e supervisores para ter um olhar mais sensível para o psicológico de cada atendido. O supervisor do Centro de Valorização da GCM, Roberto Filho, afirmou que o espaço descentralizado era um desejo antigo e, agora, realizado dentro de um ambiente equilibrado, proporcionado pela lagoa e seu entorno, que terá características da Guarda e com perspectiva de humanização do local.

“Este tipo de serviço tem uma especificidade e muitas pessoas se sentem intimidadas. O acompanhamento é importante para o restabelecimento do agente, para que ele se sinta acolhido e passe pelo tratamento de forma efetiva”, declarou o supervisor.

Durante a pandemia, o suporte aos agentes era feito através do teleatendimento, mas havia uma resistência por parte dos assistidos, que preferiam o contato presencial. Agora, já há procura por consultas no novo local, que respeita todos os protocolos da OMS no combate à Covid-19, como distanciamento, disponibilização de álcool em gel e também higienização do local.

O inspetor geral da GCM, Marcelo Silva, destacou que o tratamento terapêutico é fundamental para o profissional de segurança pública, já que a rotina envolve alto estresse e grande risco. “Por isso é fundamental o suporte psicossocial para desenvolver o trabalho de forma tranquila, já que eles podem enfrentar alguma ocorrência e estarão melhor preparados psicologicamente”.

O inspetor geral também lembra que um atendimento fora dos muros da guarda traz uma tranquilidade maior para que haja mais adesão ao programa. “No Nups cuidamos do agente, da instituição e da sua família também. Outra coisa que diferencia o atendimento em outro ambiente é poder frequentar sem o constrangimento de ser visto, pois ainda há um tabu na sociedade para os que procuram ajuda”, pontuou.

Recepção da comunidade – Membro da Associação de Moradores do Stiep e apoiadora de ações na Lagoa dos Pássaros, a contadora aposentada Elenize Velame espera que a chegada de uma nova atividade da GCM, que é de extrema importância para eles, seja pra ficar. “Essa presença faz a comunidade crescer. É uma satisfação pra gente saber que vamos abrigar um setor da guarda que é tão importante na vida de qualquer cidadão, principalmente daqueles que são verdadeiros anjos da guarda”, disse. Secom  

Deixe uma resposta