‘Nós tivemos um erro capital’, diz Guto Ferreira após derrota para o Ituano

O técnico Guto Ferreira, do Bahia, lamentou a derrota para o Ituano na noite desta sexta-feira (29), em Itu, pela quinta rodada da Série B. Após a partida, o comandante citou o “erro capital” da sua equipe e a competência do adversário, que marcou um gol com o zagueiro Bernardo apos cobrança de escanteio no primeiro tempo de jogo. “A revolta é pela maneira que foi. Se você pegar a parte ofensiva do Ituano, criou pouquíssimo, mas teve a competência de fazer o gol de bola parada. Nós tivemos um erro capital. A nós, resta lamentar. Mais que isso, resta olhar o nosso erro para que a gente não volte a cometer nos próximos jogos”, disse. Para explicar o revés, o comandante tricolor exemplificou algumas falhas do time e apontou a influência do vento na partida a favor do time da casa. “Foram dois tempos distintos e sempre a favor do vento. Mas a culpa é do vento? Não. É que ele interfere no jogo, eles estão acostumados. Estávamos com um modelo de saída de bola que não tava surtindo efeito. Quando mudamos, passamos a sair com três jogadores e tivemos mais qualidade. Com quatro, estávamos tendo erros individuais e quando a gente passava o primeiro bloco de marcação deles, a gente chegava em condições de gol. O escanteio houve um erro de posicionamento, a felicidade do menino que soube ocupar o espaço e deu sorte da bola bater na trave. No tempo normal, talvez não tivesse batido na trave. Mas o ‘se’ não soma três pontos. Eles fizeram e nós não tivemos condições”, indicou. Guto Ferreira destacou a ofensividade do Esquadrão de Aço no segundo tempo, mas indicou a postura defensiva do Ituano como diferencial para que a sua equipe não marcasse. “No segundo tempo tivemos posse? Tivemos. Fomos agressivos? Fomos. Mas paramos numa marcação de oito ou nove jogadores atrás da intermediária e algumas situações de seis jogadores na linha da entrada da área. Empurramos o Ituano, mas não tivemos a felicidade de marcar. Tanto que nossas chances foram em duas cobranças de falta e uma do Davó com ótimas defesas do goleiro. Por quê não conseguiu? Muito povoado o setor. Aí fica difícil”, completou. Com dez pontos, o Bahia volta a jogar pela competição nacional na próxima terça-feira (3), contra o Londrina, na Arena Fonte Nova. Bahia Noticias

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: