Mulher que usou o próprio corpo para salvar o filho desabafa: “Foi um momento de terror”

Confusão começou quando um assaltante entrou no local onde ela estava e abordou um cliente, que reagiu.

Uma mulher que usou o próprio corpo para proteger o filho durante um assalto no domingo (24) no Recanto das Emas, no Distrito Federal, fez um desabafo. Passado o susto, ela criticou a segurança do país e afirmou que fez o que fez por impulso.

“Foi um momento de terror. É uma coisa que a gente nunca espera que possa acontecer. Na hora do desespero ali, a primeira reação que a gente tem é bem impulsiva”, disse Rafaela Dantas, dona de casa.

Ela também está grávida de seis meses. A confusão começou quando um assaltante entrou no local onde ela estava e abordou um cliente, que reagiu. Depois, um tiroteio começou.

“Eu pensei na proteção do meu filho. Primeira coisa, meu filho. Os dois, né? O que está na barriga também. Mas, graças a Deus deu tudo certo, ninguém ficou ferido”, afirmou Rafaela.

Em nota, a PM disse que agentes foram ao local, mas as vítimas já tinham saído. Segundo a corporação, policiais patrulharam a região, mas não encontraram os criminosos. Varela

Deixe uma resposta