Motociclista é morto no Lobato e morador desabafa: “Quem mora numa rua não pode ir pra outra”

O jovem Crislan Santos da Cruz, 19 anos, morreu na noite de quarta-feira (24/02), por volta das 20h40, no Hospital do Subúrbio, onde estava internado.

De acordo com a fonte do Informe Baiano, ele foi baleado por traficantes, no período da manhã, por volta das 11h30, na Rua do Canal do Joanes, próximo ao campinho da Cesta do Povo.

Relatos de moradores ao IB apontam que a vítima estava passando de moto quando foi abordada por marginais e atingida com 4 tiros. Ele trabalhava como vendedor e não era envolvido com a criminalidade. Uma mulher também foi atingida quando seguia para um ponto de ônibus e sobreviveu.

Ainda de acordo com a fonte do IB, traficantes que atuam nas localidades do Fundão e Linha do Trem (Rua Voluntários da Pátria) “estão em guerra por pontos de venda de drogas”.

“Quem mora numa rua não pode ir pra outra se não morre mesmo. Tanto no Fundão como a Linha do Trem. Isso afeta principalmente os jovens, que nem de ônibus podem pegar. Cada local é uma facção. Deram nele mesmo 4 tiros e a mulher foi bala perdida”, contou uma testemunha sob anonimato.

Crislan será enterrado nesta quinta-feira (25/02). O caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Informe baiano

Deixe uma resposta