Morte de criança no Vale das Pedrinhas: confira versão de familiares e nota da PM

Um garoto de apenas 9 anos identificado pelas iniciais R.A.P.T.N. morreu na noite de sexta-feira (26/03), no bairro do Vale das Pedrinhas, região do Nordeste de Amaralina, em Salvador.

O Informe Baiano se solidariza com a família e lamenta profundamente a morte de um inocente e ainda há o agravamento de ser uma criança. Ouvimos a versão de familiares e amigos da vítima, além do posicionamento oficial da Polícia Militar sobre o ocorrido.

Um das pessoas entrevistadas, que pediu para não ser identificada, afirma que a guarnição chegou ao local atirando. O garoto estava na varanda de casa brincando e teria colocado a cabeça na grade para ver o que estava ocorrendo. Nesse momento, conforme o depoimento, um agente da PM atirou e feriu mortalmente o garoto. Além disso, conforme moradores, não houve tiroteio.

A versão apresentada em nota oficial pelo Departamento de Comunicação Social da Polícia Militar (DCS-PM) é totalmente diferente. Confira abaixo o posicionamento:

“Por volta das 22h de sexta-feira (26), guarnições da 40ª CIPM realizavam policiamento ostensivo no Vale das Pedrinhas com o objetivo de fiscalizar possíveis aglomerações, em respeito ao Decreto Estadual. Ao chegarem na Rua do Gás, os policiais militares foram recebidos a tiros por homens armados. Houve revide.

Ao cessar os disparos, uma criança foi localizada ao solo e socorrida pelas guarnições para o Hospital Geral do Estado (HGE), porém não resistiu aos ferimentos. O fato será apurado pela Corregedoria Geral da Polícia Militar”. Informe baiano

Deixe uma resposta