Ministério Público do Rio de Janeiro recebe 25 denúncias contra Karol Conká

Considerada a grande vilã do Big Brother Brasil 21, a cantora Karol Conká já foi alvo de 25 denúncias em menos de um mês de programa, segundo o Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ).

Conforme o MP, as queixas são em razão de atitudes consideradas ofensivas e discriminatórias da artista em discussões com a Juliette e Lucas Penteado. Este último já fora do programa, após pedir para deixar a edição.

De acordo com a promotora Denise Pieri Pitta, da 1ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal da área de Madureira e Jacarepaguá, por se tratarem de relatos genéricos sem a existência de um crime especifico, as denúncias foram encaminhadas para arquivamento.

“Na ouvidoria, acompanhada de vídeo, informando o possível episódio de ofensa em razão da origem nordestina envolvendo Karol Conká e Juliete, foi constatado na fala da participante possível discriminação, em conduta que poderia se amoldar, em tese, ao artigo 140, parágrafo 3º, do Código Penal, que depende de representação da ofendida”, afirma a promotora.

Acusada de xenofobia contra a advogada paraibana, conforme Pitta, caso seja da vontade da participante, uma representação, junto ao MP, poderá ser apresentada pela vítima, conforme informações do Extra Online. A Tarde

Deixe uma resposta