Março Mulher movimenta Salvador com ações e políticas para o público feminino

Fotos: Jefferson Peixoto/Secom

A programação de ações e projetos em Salvador, para comemorar o Mês da Mulher, será extensa em março. A Prefeitura, por meio da Secretaria de Política para as Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ) e em parceria com diversos órgãos e secretarias municipais, vai promover uma série de atividades em diferentes pontos da cidade, voltadas para o público feminino.

Além das ações, estão previstos marcos importantes a serem realizados de forma permanente, com destaque para a institucionalização do programa Alerta Salvador – Juntos pela Erradicação da Violência contra a Mulher, como política pública municipal. Serão promovidas atividades integradas no combate à violência e criação do Observatório Municipal da Violência contra a Mulher de Salvador.

Salvador também passará a contar com uma plataforma informatizada do sistema de atendimento e encaminhamento, dos Centros de Referência de Atendimento à Mulher. Com a nova ferramenta, todos os serviços de atenção à mulher vítima de violência, ofertados pelos centros, serão informatizados, permitindo a realização do cadastro das mulheres assistidas e possibilitando a realização de análise de perfil do público. 

Essas informações serão úteis para a elaboração de políticas públicas mais afirmativas para as soteropolitanas. O sistema será realizado em parceria com a Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia (Semit).

Outra novidade é a parceria com a Ouvidoria do Município na central Fala Salvador, ofertada pelo telefone gratuito 156, disponibilizando informações sobre os serviços municipais, voltados a mulheres vítimas de violência. A expectativa é que o sistema entre em funcionamento no final do mês de abril.

Abertura – A abertura da ação acontecerá nesta sexta-feira (4), às 10h, com a live “Março Mulher Salvador 2022: Saúde para Todas as Mulheres”, com as presenças dos titulares da SPMJ, Fernanda Lordêlo, e da Saúde (SMS), Leo Prates. Em seguida, acontece a palestra “Mulher negra na ciência: contribuições para a saúde pública e desafios no cenário epidemiológico do coronavírus”, com a biomédica, doutora em patologia humana e pesquisadora Jaqueline Góes de Jesus, integrante da equipe que mapeou os primeiros genomas da Covid-19.

Caravana – No Dia Internacional da Mulher, 8 de março, será realizada a Caravana da Mulher. A ação, que integra o programa Alerta Salvador, vai oferecer serviços gratuitos, para o fortalecimento da saúde e da autoestima feminina. Pretende também sensibilizar e orientar os soteropolitanos, através de diálogos e ações educativas, sobre temáticas relacionadas à mulher.

A caravana será realizada na Rua Vinte e Quatro de Fevereiro, s/n, Nazaré, das 8h às 14h. Serão ofertados serviços de atualização do CadÚnico, Cartão SUS e programa Primeiro Passo; marcação de exames para a mulher; serviços de atenção à mulher vítima de violência doméstica, busca por vagas de emprego, espaço de beleza e espaço para crianças. 

Haverá ainda oficinas de cultivo de plantas, por meio do projeto Horta em Casa, e de elaboração de currículo, além de palestras. A iniciativa reunirá diversos órgãos municipais e entidades parceiras.

Feiras de saúde – Com foco na saúde feminina serão promovidas três feiras de saúde, em parceria com a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), das 8h às 16h. O primeiro evento ocorrerá no dia 16, no Outlet Center, no Uruguai. No dia 19, a iniciativa aporta na Praça da Revolução, em Periperi. Por fim, no dia 21, a Caravana atende ao público feminino no fim de linha da Boca do Rio.

Na ocasião, serão realizados testes rápidos para identificação da Covid, sífilis, HIV e hepatite, atendimento e orientação médica nas áreas de Enfermagem e Odontologia,

dispensação de materiais educativos sobre prevenção dos cânceres de mama e de colo do útero, impressão de cartão SUS com Nome Social para mulheres trans e travestis, dentre outros serviços.

Unidades de saúde – Durante todo este mês, 60 postos de saúde municipais vão intensificar as ações voltadas para as mulheres, incluindo pelo menos um sábado (12 ou 26). Na ocasião, serão oferecidos serviços de saúde bucal, Educação em Saúde, testagens rápidas de HIV/Hepatites e Sífilis, dispensação de preservativos, orientações sobre saúde da mulher, saúde sexual e reprodutiva, coleta de preventivo, sala de espera com atividades de educação em saúde, consultas, marcação de exames preventivos, mamografia, USG e consultas especializadas. Os postos serão divulgados no site www. saude. salvador. ba. gov. br.

O Hospital Municipal de Salvador (HMS), em Boca da Mata, abrirá oferta de 100 exames de ultrassom de mamas e outros 150 de ultrassom transvaginal. Já os multicentros abrirão 522 vagas e consultas para colposcopia e ultrassom transvaginal, mamário, pélvico e colposcopia, distribuídas da seguinte maneira: Liberdade (182 vagas), Amaralina (141 vagas), Carlos Gomes (91 vagas) e Vale das Pedrinhas (108 vagas).

Voz da Mulher – Na semana de 7 a 11 de março, na praça central do Shopping Center Lapa, será realizado o Voz da Mulher. O projeto prevê duas palestras diárias sobre temas do universo feminino, no período das 14h às 17h. As palestras deverão ocorrer às 15h e às 16h. 

Girassóis de Rua – O projeto Girassóis de Rua, que atende à população em situação de rua, promoverá atividades especiais para mulheres. No dia 7, ocorrerá um bazar de roupas nas proximidades da Basílica de Nossa Senhora da Conceição da Praia, no Comércio. No dia 9, na Praça da Piedade, será a vez da roda de conversa “Um espaço para elas”, com um diálogo sobre atenção à mulher e à cidadania.

No dia 24, ocorrerá a apresentação do Ponto de Cidadania, no Aquidabã, e promoção de um dia de cuidado com travestis e trans em situação de rua. No dia 30, no Largo dos Mares, é a vez das ações de cuidado e estímulo à autoestima de mulheres em situação de rua, com realização de desfile de moda.

Centros de Referência – O mês ainda trará cursos gratuitos de qualificação e outras atividades especiais, que serão realizadas nos Centros de Referência e Atendimento à Mulher em Salvador Irmã Dulce (Camsid), na Ribeira, no dia 9; Loreta Valadares (CRLV), nos Barris, no dia 24; e Arlette Magalhães (Cream), em Fazenda Grande I, no dia 16. As atividades envolvem acompanhamento interdisciplinar (psicológico, social, jurídico e teleorientação), acompanhamento pedagógico às crianças que acompanham suas mães em atendimento; roda de conversa sobre saúde sexual e reprodutiva; oferta de testagem e consultas de saúde e exames.

Eventos on-line – No dia 14, às 14h30, acontece o webinar “Doenças do Assoalho Pélvico”, com a participação do Instituto Patrícia Galvão. A transmissão será através da plataforma Zoom, no endereço https:// conasems-br. zoom.us/j/89946570306.

No dia 19, às 10h, será a vez de um webinar sobre o programa Mãe Salvador, que será transmitido através da plataforma Zoom (https:// conasems-br. zoom. us/j/896651744250). As palestrantes são os enfermeiros da Área Técnica da Rede Cegonha da SMS, Tatiana Batista e Anderson Moreira, e a diretora de Proteção Básica da Secretaria Municipal de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esporte e Lazer (Sempre), Emanuele Rodovalho.

Drive-thru – A II Edição do Drive Thru – Dignidade Menstrual vai receber doações de absorventes para mulheres em situação de vulnerabilidade social nos dias 26 e 27 deste mês. Os pontos de arrecadação serão montados no Salvador Shopping e Salvador Norte Shopping.

Conscientização – O Março Mulher também contará com iluminação especial em monumentos da cidade, em parceria com a Diretoria de Iluminação da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Dsip/Semop), plotagem de carros oficiais e material informativo. Secom

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: