Mãe entra com ação judicial para filha jogar futebol com meninos

Uma menina de 10 anos foi autorizada pela Justiça a jogar futebol com os colegas do colégio após a mãe, Daniele Alves de Oliveira, entrar com uma ação para que a criança possa ter os mesmos direitos.

Emanuelle Oliveira teve o direito concedido pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais e, de acordo com informações do G1, a mãe precisou tomar a atitude após a filha não ser inserida nas disputas da instituição de ensino em que ela estuda. A justificativa é que não tinha meninas suficientes para mostrar uma equipe feminina.

Na festa de São João do colégio, Daniele realizou um protesto para deixar visível o quanto a filha tinha o mesmo direito de jogar bola com os meninos. No entanto, a direção da instituição negou o pedido.

Criança de 10 anos faz protesto para jogar bola com meninos (Foto: Redes sociais)

Com isso, a mãe de Emanuelle acionou o TJMG, pedindo que a filha tenha o direito de participar da competição. O juiz do caso, Rodrigo Ribeiro Lorenzon, comentou que, mesmo que haja uma indisponibilidade de uma equipe feminina no colégio, a criança de 10 anos não poderia ser impedida de disputar o torneio, principalmente porque treina desde os 5 anos com equipes masculinas e time misto.

Com isso, além da vitória na ação, a escola terá de pagar uma multa de R$ 20 mil caso não cumpra a decisão. A instituição, em resposta à reportagem, informou que não tem conhecimento de nenhuma determinação judicial.

Fonte: Correio 24hs

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: