Luiz Galvão é exonerado de cargo na Prefeitura

Nos bastidores as suspeitas é de que a ação pode ter sido retaliação a João Roma.

Luiz Galvão não é mais diretor-geral das Prefeituras-Bairro de Salvador. Sua exoneração foi publicada em edição extra do Diário Oficial deste sábado (13). No lugar dele entra Humberto Rodrigues Viana Júnior, que saiu da diretoria de Ações e Proteção e Defesa do Consumidor (Codecon).

Nos bastidores, a ação foi vista como uma retaliação a João Roma (Republicanos), já que Galvão é ligado ao recém-nomeado ministro da Cidadania.

ACM Neto não aprovou a escolha do seu ex-chefe de gabinete em aceitar uma cargo no governo federal. Para Neto a decisão de Roma foi lamentável e não considerou a relação de amizade entre os dois. Varela

Deixe uma resposta