Idoso de 98 anos que matou homem no Dois de Julho ficará em prisão domiciliar

Idoso quando foi levado pela polícia no dia do crime, em agosto deste ano — Foto: Reprodução/Redes sociais

Crime ocorreu em agosto deste ano, no Largo Dois de Julho. Idoso deve permanecer em prisão domiciliar com tornozeleira eletrônica.

Uma equipe da 3ª Delegacia de Homicídios (DH/BTS) cumpriu, na manhã desta quinta-feira (11), mandados prisão domiciliar, busca e apreensão, expedidos contra o idoso investigado como autor da morte de Welton Lopes Costa, ocorrida em agosto deste ano, no Largo Dois de Julho.

O homem de 98 anos estava na casa de familiares, na Ilha de Vera Cruz. O coordenador da 3ª DH/BTS, delegado Oscar Vieira, explicou que o idoso vai permanecer sendo monitorado por tornozeleira eletrônica. “No curso da investigação, coletamos informações de que ele tem um histórico de ações violentas, portanto solicitamos essas medidas cautelares”, informou o delegado.

A ação contou com o apoio de policiais da 24ª Delegacia Territorial (DT/Vera Cruz), além da 18ª DT/Itaparica. As equipes ainda realizaram buscas com o objetivo de apreender a arma do crime, que ainda não foi localizada.

O coordenador da BTS também acrescentou que o inquérito do caso deve ser concluído nas próximas semanas. “Estamos finalizando o procedimento para encaminhar ao Judiciário”, concluiu Oscar. Informe Baiano

%d blogueiros gostam disto: