Homem que estava com carro de enfermeira sequestrada e morta em MG é preso no sul da Bahia

Vítima foi torturada e laudo apontou fraturas no fêmur, dedos, braço e dente. Homem, que estava com mandado de prisão preventiva em aberto, foi encontrado na cidade de Teixeira de Freitas.

Um homem que estava com o carro da enfermeira Priscila Cardoso da Silva, de 35 anos, que foi sequestrada e morta em Minas Gerais, em março, foi preso na cidade de Teixeira de Freitas, no sul da Bahia.

Conforme a Polícia Civil, o suspeito, que não teve a identidade revelada, foi preso por policiais militares, na terça-feira (1º). Ele foi levado para a 1ª Delegacia Territorial (DT/Teixeira de Freitas), onde teve o mandado de prisão preventiva cumprido e está à disposição da Justiça.

A enfermeira ficou desaparecida por cinco depois que foi vista saindo do posto de saúde onde trabalhava, em Santana do Paraíso, em Minas Gerais, no dia 15 de março. Uma câmera de segurança próxima à unidade de saúde registrou o momento em que a enfermeira foi rendida por um indivíduo com a mão sob a camisa, aparentando estar armado.

O corpo dela foi encontrado no dia 20 de março pela polícia mineira em uma plantação de eucalipto em Minas Gerais após a prisão de um homem suspeito de matar e sequestrar a vítima. O laudo do IML apontou que Priscila Silva foi torturada antes de ser assassinada e que ela estava com o fêmur, dedos, braço e dente fraturados.https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

O homem já tinha várias passagens pela polícia, entre elas um homicídio cometido na Bahia e uma tentativa de latrocínio em Minas. No Espírito Santo, há registros do suspeito no sistema prisional entre 2007 e 2011.

A Polícia Civil da Bahia não confirmou se o homem que foi preso na terça-feira (1°) em Teixeira de Freitas foi o mesmo que foi preso anteriormente pelo caso ou se foi outro envolvido no caso. G1

Deixe uma resposta