Grupo presta queixa na polícia contra agência que deu ‘drible’ em excursão religiosa

A compra da viagem foi feita no início de 2020. Mesmo após o retorno das viagens, pós-pandemia, a agência não devolveu o valor de R$ 100 mil para o grupo.

Uma assistente social, sob anonimato, contou ao Metro1 que  investiu R$ 11 mil em uma viagem que ela não sabe se vai acontecer.  Antes de começar a pandemia, a suposta vítima soube de um pacote de viagem com preço abaixo do mercado para uma peregrinação religiosa passando por templos e santuários da Europa. Agora, dois anos depois, ela e um grupo de cerca de 15 pessoas desconfiam terem sido vítimas de estelionato.

A compra da viagem foi feita no início de 2020 e, na época, foi divulgada até pela igreja de uma cidade próxima, a Paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição, no município de Medeiros Neto, sul da Bahia. 

Segundo a vítima, muitos fiéis, de diversas cidades baianas, se interessaram pelo pacote oferecido pela agência Helena Guerra Viagens, que afirma ter sede em Serrinha. Com a pandemia, o cancelamento da viagem foi inevitável. No entanto, mesmo com as viagens já liberadas, a agência não se posiciona quanto à realização da romaria.

Os integrantes do grupo ciram um homem de prenome Joelson como dono da agência. “Dois anos depois, a agência continuou vendendo o pacote, sem dar satisfação para a gente. Muita gente começou a se manifestar, querendo o retorno do dinheiro”, conta. 

O grupo prestou queixa em uma delegacia de Teixeira de Freitas e o processo foi enviado para a cidade de Medeiros Neto, onde moram a maioria dos compradores. A assistente social contabiliza ao menos R$ 100 mil em prejuízo apenas neste grupo que realizou a denúncia. Outras pessoas, segundo ela, continuam esperando pela viagem sem data marcada.

O Metro1 tentou contato com a agência Helena Guerra Viagens por meio dos números que constam nas redes sociais e também os repassados pelos clientes que prestaram queixa. Em nenhum dos números foi possível encontrar os responsáveis pela empresa. Metro 1

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: