Governo e entidades se reúnem para discutir estoques do kit intubação

Em nota, governo diz que está preocupado com pandemia no Brasil.

Em meio à crise no fornecimento de medicamentos para a chamada intubação orotraqueal, o governo federal realizou mais um encontro nesta terça-feira (23), após emitir uma nota, em que se diz “atento e preocupado” com a situação da pandemia, no Brasil. Ainda informou que monitora toda a rede do SUS, semanalmente, desde o mês de setembro do ano passado.

Participaram do encontro membros da Anvisa, do Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos, dos Ministérios da Saúde e da Economia, além dos conselhos nacionais dos secretários municipais e estaduais de Saúde.

O Ministério da Saúde foi informado, pelos estados, da falta de medicamentos utilizados na intubação de pacientes, os chamados kit intubação. O alto número de intubações, na rede pública, nos casos de complicação por covid-19, provocou o desabastecimento do SUS em relação a esses remédios.

No último de fim de semana, inclusive, foram realizadas reuniões para tratar de estoques excedentes das indústrias, compras desses medicamentos no exterior, formas de organizar e distribuir os estoques e sobre a realização de pregões de aquisição do kit intubação. O governo federal também informou que, nessas reuniões do fim de semana, foram levantados os números de cada estado. Agência Brasil

Deixe uma resposta