BrasilEsporte

Gol de empate sofrido no final do 1º tempo foi determinante para o revés do Vitória, diz Carpini

O Vitória perdeu de virada por 2 a 1 para o Red Bull Bragantino, na noite deste domingo (23), no Nabi Abi Chedid, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Leão abriu o placar com Jean Mota, mas acabou sofrendo empate no último lance do primeiro tempo. No recomeço da partida, os donos da casa fizeram o segundo aos 20 minutos. Para o técnico Thiago Carpini a igualdade no apagar das luzes da etapa inicial foi determinante para o revés do time baiano. "A ideia era tentar neutralizar um pouco, conseguimos, sabíamos que teríamos uma ou duas situações reais de gol por tempo e a gente precisava ser efetivo. Acho que a ideia funcionou bem. Tivemos muita dificuldade de encontrar uma formação do último jogo para hoje sem nenhum zagueiro no elenco tendo que adaptar o Rodrigo Andrade e no outro jogo foi da mesma maneira. Então, dentro do que tínhamos, foi um jogo consistente defensivamente, soubemos sofrer na maior parte do tempo. Acho que o que determinou de fato o resultado final e a atmosfera para que o Bragantino virasse a partida foi o gol no final do primeiro tempo no último lance. Acho que se viesse 1 a 0 seria uma outra situação, uma outra tônica da partida, teríamos até mais possibilidades de contra-ataque no segundo tempo, como tivemos em alguns momentos, mas fomos pouco efetivos. Inclusive no último lance do jogo podíamos ter empatado. Foi um jogo de detalhes, grande, de Série A contra uma grande equipe onde nós não fomos efetivos nas oportunidades criadas e os dois gols do Bragantino foram mais falhas nossa do que propriamente mérito do adversário, apesar deles terem criado outras chances também com muito volume ofensivo", analisou na entrevista coletiva. Estacionado nos nove pontos, o Vitória acabou volta para a zona de rebaixamento ao cair para o 17º lugar, atrás do Atlético-GO, que tem a mesma pontuação, por causa do saldo de gols. Na próxima quinta-feira (27), às 19h, o Leão visita o Fluminense, no Maracanã, pela 12ª rodada. "Levar em consideração o aspecto físico, ver quem reúne as melhores condições. Talvez nem tudo aquilo que eu pense ou gostaria de usar para o jogo teremos à disposição. Temos a volta de alguns atletas, mas teremos a ausência de Lucas Esteves, que por um lado também importante, ele precisa de descanso. Willian saiu com dores no joelho. Então, a gente tem tido algumas dificuldades, mas agora é descansar e pensar bem a melhor estratégia para o jogo de quinta-feira", disse Carpini.Bahia Noticias

Deixe um comentário