Fiocruz entrega pedido de uso emergencial da vacina de Oxford à Anvisa

O prazo para a análise do pedido é de dez dias.

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) solicitou nesta sexta-feira (8) à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) o uso emergencial da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca e pela Universidade de Oxford.

Asism como ocorreu com a CoronaVac, que apresentou 78% de eficácia contra o vírus, de acordo com a Anvisa, o prazo para a análise do pedido de uso emergencial é de dez dias. Já a avaliação do pedido de registro definitivo é feita em até 60 dias, segundo o G1.

Segundo o portal IG, o pedido da Fiocruz é para o uso de 2 milhões de doses de vacinas que devem ser importadas do laboratório Serum, sediado na Índia. bahia.ba

Deixe uma resposta