Fabricante informa que vacina AstraZeneca tem eficácia de 79% e não provoca risco de coágulos

A vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a farmacêutica AstraZeneca tem eficácia de 79% para prevenir casos sintomáticos da doença e não aumenta o risco de coágulos sanguíneos. O anúncio foi feito neste domingo, 21, pela empresa farmacêutica, após testes de eficiência da fase 3 nos Estados Unidos, Chile e Peru. O imunizante se mostrou seguro e 100% eficaz contra casos graves da doença, que precisam de internação de pacientes.

Ainda segundo o laboratório, o imunizante também foi efetivo em 80% das pessoas com mais de 85 anos. Os resultados foram divulgados pela empresa após testes com 32 mil voluntários de diferentes faixas etárias. Vários países suspenderam a administração do fármaco em pessoas idosas devido à falta de dados entre os participantes de idade avançada em testes anteriores.

Países europeus também suspenderam a aplicação da vacina após reações adversas, como dificuldade de coagulação ou formação de coágulos. Na última quinta-feira, 18, a Agência Europeia de Medicamentos liberou o uso do imunizante, garantindo se tratar de um produto seguro e eficaz. Apesar disso, a agência indicou que não conseguiu concluir ainda se existe ou não relação entre o imunizante e os casos de trombose. A Tarde

Deixe uma resposta