Explosão abala estação de metrô em São Petersburgo

Explosivo desarmado no metrô de São Petersburgo era de estilhaços

O dispositivo explosivo caseiro, desarmado no metrô de São Petersburgo no começo do dia, era uma bomba de estilhaços, informou o Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB) em um comunicado à imprensa.

“Aproximadamente às 15h [horário local, 9hs de Brasília] foi encontrado, na estação de metrô de Ploshchad Vosstaniya, um dispositivo explosivo caseiro de estilhaços. Este dispositivo foi desarmado por técnicos de bomba em tempo hábil e não há vítimas”, informou o comunicado à imprensa.

43 hospitalizados em São Petersburgo

A porta-voz do Comitê de Saúde de São Petersburgo, Yevguenia Laurkhamer, conversou com Sputnik Brasil e apresentou dados atualizados sobre a situação dos feridos durante a explosão no metrô da cidade.

Segundo os últimos dados, 43 pacientes foram enviados aos hospitais de São Petersburgo. No local estavam trabalhando 41 brigadas de serviços de emergência médica. Foi realizado o transporte médico de 15 feridos até o Instituto de Emergência de São Petersburgo. O Hospital Médico recebeu 12 vítimas e o hospital da Cidade outros 6. A Academia Militar Médica recebeu 9 pacientes. O Hospital Pediátrico Municipal Raukhfus está atendendo uma criança. A condição dos pacientes está sendo avaliada como média e grave. Sputnik

Captions to follow shortly

© Sputnik/ Valery Melnikov