DestaquesEsporte

Equipe brasileira de Para Ski Cross Country conquista cinco medalhas na etapa final da Copa do Mundo no Canadá

A equipe brasileira de Para Ski Cross Country deixou sua marca na última etapa da Copa do Mundo, realizada em Prince George, Canadá, ao conquistar cinco medalhas em uma emocionante competição. No primeiro dia da etapa final, os atletas brasileiros Aline Rocha e Cristian Ribera garantiram medalhas de bronze na prova de 5km, demonstrando sua determinação e habilidade nas pistas desafiadoras de Prince George. No segundo dia, na prova de sprint, a equipe brasileira brilhou novamente, conquistando mais duas medalhas de bronze em uma prova emocionante. No terceiro dia de competições, Aline Rocha assegurou a medalha de prata na prova de 20km, enquanto Cristian Ribera conquistou o 6º lugar. No entanto, no resultado geral da competição, Ribera ficou em segundo lugar, a apenas 30 pontos do campeão geral Giuseppe Romele, da Itália. "Estou muito feliz pelo resultado da prova de 5km hoje. Tive 6 dias de treino antes da prova, então estava bem familiarizada com o percurso. Os skis também estavam rápidos, o que contribuiu para o resultado. Agradeço a toda equipe pelo ótimo trabalho realizado e conto com a torcida de todos para as provas de sprint e long distance", comentou Aline Rocha sobre sua performance. Em relação à sua própria corrida, Cristian Ribera declarou ue a prova foi boa. "A prova foi muito boa, consegui colocar um ritmo forte desde o início, os skis estavam voando, o que me ajudou bastante. Em algumas partes do percurso perdi alguns milésimos por alguns erros que me custaram o ouro, mas estou feliz com o resultado e estou bem confiante para o Sprint." A equipe brasileira de Para Ski Cross Country continua a deixar sua marca no cenário internacional, destacando-se pela sua determinação, habilidade e espírito competitivo. "O Vice Campeonato geral da Copa do Mundo conquistado pelo Cristian é mais um feito fantástico que representa muito bem a evolução do Brasil no cenário Mundial. A conquista de cinco medalhas, por dois atletas diferentes, mostra que o Brasil tem uma equipe altamente competitiva. . Gostaria de parabenizar todos os atletas e que este seja apenas o começo de uma trajetória maravilhosa", comentou Pedro Cavazzoni, CEO da CBDN. Além disso, Cavazzoni ressaltou o grande trabalho que a Confederação Brasileira vem fazendo: "Acredito muito que esses resultados são frutos de um trabalho árduo e de uma visão estratégica que vem sendo implementada ao longo dos anos. Isso, aliado a dedicação dos atletas e comissão técnica tem sido importantíssimo para colocarmos o Brasil cada vez mais próximo do topo", finalizou o CEO.Bahia Noticias

Deixe um comentário